God's Eyes - Capítulo 33: Lutando Com a Vida Por Um Fio

Tradutor: Ydominuss


Artemis estava cheia de adrenalina e não conseguia sentir a dor no momento, mas isso mudaria assim que a luta acabasse.


Eles tiveram que derrotar o abutre o mais rápido possível para que Jason pudesse tratar o ferimento de Artemis.


Devido à sua incapacidade de voar, as ações do abutre foram mais passivas do que agressivas, o que surpreendeu um pouco Jason, obrigando-o a dar o primeiro passo.

Fugir não seria viável porque o carniceiro provavelmente ainda era mais rápido que Jason.


Tentar seria suicídio.


O abutre estava a cerca de 10 metros dele e Jason foi se aproximando lentamente até atingir a distância de quatro metros.


Lá, ele mudou de postura de maneira suave, mas excepcionalmente rápida, apenas para dar um grande passo à frente, com o corpo inclinado para a frente.


Depois de dar um único passo, Jason deu um passo para o lado para evitar o golpe da asa ilesa do abutre enquanto Artemis gritava lá de cima.


Ela mergulhou e fez um tumulto, fazendo com que o abutre se sentisse distraído do grito da fera branca, ao virar a cabeça para cima para dar as boas-vindas à fera mergulhando.


Surpreendentemente, o ataque não veio de cima, mas da frente.


Ele deu um soco rápido, mas impactante na cabeça do abutre.


Enquanto um punho envolto de mana socava, a outra mão tentava tirar a adaga de ferro de Jade de sua asa para tornar o processo seguinte mais fácil para eles.


Infelizmente, a adaga não se soltou completamente.


Balançando a cabeça, o abutre agora estava ferido, pois só podia ver uma imagem borrada.


Devido ao ferimento, o abutre ficou furioso e vendo o jovem embaçado a apenas um passo dele, ele tentou acertá-lo com suas garras.


Jason rolou para longe, mas não estava completamente ileso, pois suas costas foram atingidas pelas garras afiadas.


Ignorando a dor, Jason viu que a adaga começou a se soltar devido ao movimento repentino do abutre e a gravidade adicional fez o seu trabalho, fazendo com que a adaga caísse da asa.


Vendo isso, Jason primeiro evitou o bico do abutre, antes de saltar suicida em direção à adaga.


O abutre não esperava por isso e deu meia-volta, mas se distraiu com o segundo mergulho de Artemis, bem atrás dele.


Suas garras infundidas de mana não foram nem mesmo capazes de perfurar a plumagem do dele.


O abutre ainda estava irritado, mas decidiu tratar Artemis como uma formiga irritante, que não merecia sua atenção.


Concentrar-se apenas em Jason, entretanto, foi provavelmente o maior erro dele.


Enquanto Jason alcançava sua adaga, com o abutre o perseguindo, Artemis usou suas asas para alcançar a cabeça do abutre que não estava coberta pela plumagem.


Usando todas as suas reservas de mana em suas garras, ela perfurou com elas.


Não foi o suficiente para ferir gravemente o abutre ou até mesmo matá-lo, mas ele gritou de dor, fazendo-o sacudir o corpo todo vigorosamente, o que deu a Jason tempo suficiente para pegar sua adaga e apunhalá-la.


Perfurando o corpo do abutre, a plumagem dificultou um pouco o ataque, mas ainda assim penetrou em sua defesa e encontrou carne fresca.


Ao perfurá-lo, um grito de dor ressoou em toda a área causado pelo carniceiro.


As orelhas de Jason doíam e ele ficou tentado a cobri-las com as mãos.


Torcendo a adaga, o grito doloroso tornou-se mais alto até desaparecer após alguns momentos.


Sentindo a força vital dentro do abutre desaparecendo e o seguinte resultado, sua morte, Jason caiu de bunda porque estava exausto demais para ficar firme no chão.


A batalha inteira não demorou muito, no máximo 2 minutos, partindo do ataque surpresa do abutre, mas sua mente calculou centenas de possibilidades adicionadas à tensão, a lesão de Artemis e ele estar desarmado, excediam as capacidades de Jason.


Seu corpo ainda estava bem, exceto pelo pequeno ferimento nas costas e o sangue que ainda fluía dele.


Levantando-se, Jason guardou o cadáver do abutre quando Artemis planou até ele com alguma dificuldade.


Depois da batalha, Artemis quase imediatamente sentiu o ferimento nas costas, dificultando ligeiramente sua habilidade de voar.


Colocando-se no ombro de Jason e os dois saíram da zona selvagem o mais rápido possível para evitar lutar contra alguém enquanto estavam exaustos.


30 minutos depois, eles entraram na cúpula mais uma vez.


O sol estava se pondo enquanto um pouco de luz do sol combinada com a luz das tendas do tamanho de uma mansão iluminava os arredores.


Muitos jovens estavam sentados ao redor de uma fogueira conversando entre si enquanto Jason passava por eles sem cumprimentar ninguém ou mesmo prestar atenção neles.


Não sabendo eles, que Jason foi a pessoa de quem os jovens falaram depois de vê-lo entrar na cúpula.


Seu rosto era lindo, quase feminino, se suas características faciais detalhadas não dissessem o contrário, pois os grandes olhos dourados foram iluminados pelas luzes ao redor, sublinhando o contorno de Jason.


O cabelo preto de Jason estava desgrenhado e suas roupas estavam esfarrapadas e sujas, dando-lhe a aparência de um menino selvagem.


Sentindo o mana dele e de Artemis, eles descobriram que ele era extremamente fraco mesmo em comparação com eles, com Jason irradiando o mana de um 5º grau Novato e Artemis era obviamente uma besta Selvagem de 2 estrelas.


Os jovens se perguntaram se o menino de olhos dourados parecia assim por causa de uma batalha contra uma fera de 3 estrelas e começaram a rir dele.


Como eles poderiam saber que as flutuações de mana de quase 5º grau Novato eram na realidade, um 3º grau de Novato que lutou suicida contra 3 feras 5 estrelas e as matou mesmo que todo o processo de luta estivesse cheio de truques e assassinatos ocultos.


Esses jovens só ousariam fazer algo assim quando chegassem ao 8º ou 9º grau de Novato e, mesmo assim, apenas com armas e armaduras superiores para se proteger.


A maioria deles ainda estaria acompanhada por um guarda ou alguns outros companheiros de equipe para ajudá-los caso fiquem em desvantagem.


Entrando em sua tenda, ele colocou um remédio em Artemis e seu ferimento enquanto fazia um curativo em seu próprio ferimento, ele deixou o ferimento de Artemis descoberto.


Ele não tinha certeza de quão profundo era o ferimento, mas a área de seu ferimento estava em um local ruim.


Como tal, ele decidiu dar a Artemis todos os núcleos de duas estrelas que ele havia acumulado, além dos três núcleos de fera 5 estrelas que ele havia deixado, a fim de acelerar o processo de cura de Artemis com a enorme quantidade de mana que ela poderia digerir.


Ela provavelmente dormiria alguns dias, mas ainda estava bem.


Infelizmente, ele teve que matar outras duas feras 5 estrelas até depois de amanhã, mas não deveria forçar Artemis a lutar com um ferimento, o que poderia acabar em um resultado devastador.


Artemis engoliu os núcleos antes de entrar no mundo das almas para digerir o mana avassalador.


Enquanto isso, Jason comeu um pouco de carne e, depois, ele também foi para o mundo da alma para praticar a técnica Inferno Celestial antes de se lavar e dormir.

4 visualizações0 comentário

Contate-me pelo Discord