God's Eyes - Capítulo 31: Pronto Para Fazer Barulho

Tradutor: Ydominuss


Quase duas semanas se passaram e apenas dois dias restaram de suas 3 semanas iniciais para matar cinco bestas Selvagens de 5 estrelas ou uma fera Desperta.


Nada de especial ocorreu durante as últimas duas semanas, mas o mais importante foi que a força de Jason e Artemis aumentou bastante.


Inesperadamente, Artemis quebrou seu limite e entrou no rank de fera Selvagem de 2 estrelas, o que deixou Jason extremamente chocado.


O Mana que ela digeria todos os dias nutria seu físico, sangue e núcleo de mana.

Era apenas uma questão de tempo até que isso acontecesse.


Ele se perguntou se Artemis poderia até mesmo evoluir já que ela poderia até mesmo quebrar seu limite por causa de sua mutação.


Ou isso era algo que toda besta poderia fazer com mana suficiente? Mas então ... Por que seus olhos lhe diriam algo sobre o potencial das feras?


Artemis foi capaz de romper suas limites por causa de sua capacidade superior de digestão ou por causa da alta quantidade de mana?


Jason não sabia e não conseguia encontrar uma resposta porque também não sabia dizer qual era exatamente o potencial de Artemis.


A mutação em que Jason pensou era complexa, que envolvia algum tipo de gula e um estômago capaz de digerir grandes quantidades de mana.


Mas como Jason poderia ter certeza disso, já que nunca tinha ouvido falar de tal mutação?


Além disso, ele não tinha certeza se Artemis poderia comer outra coisa? Ela ainda não comeu nada além de núcleos de feras e pedras de mana.


Sua plumagem brilhava mais a cada dia que passava e a quantidade de mana em seu sangue aumentava constantemente.


Artemis cresceu ligeiramente em tamanho com uma envergadura de mais de um metro, enquanto seu comprimento era de cerca de 35 centímetros, mas o mais importante é que até suas garras foram fortalecidas.


Ela deve ser capaz de perfurar as escamas do lobo com escamas sem fortalecer com mana.


Jason, no entanto, ainda estava no terceiro nível de Novato, enquanto seu domínio sobre a técnica de Macaco Corajoso Azure modificada alcançava o domínio familiar.

Suas proezas de combate aumentaram e ele aprendeu a usar seu mana com mais eficiência.


Ele foi até mesmo capaz de erradicar um pequeno grupo de feras 3 estrelas e feras 4 estrelas solitárias com a ajuda de Ártemis.


Mas isso não era tudo, pois Jason usava a técnica do Inferno Celestial três vezes ao dia em vez de uma vez ao dia, o que era muito bom para aumentar a energia da alma, purificá-la e estabilizá-la.


Devido ao avanço natural de Artemis, Jason conseguiu mais energia da alma compartilhada, Mana e seu físico aumentaram.


Jason estava feliz que Artemis ficou mais forte e seu núcleo de mana atingiu o tamanho normal de um 5º rank Novato, enquanto seu físico alcançou o 4º rank Novato.


No entanto, a energia da alma de que ele precisava para manter Artemis ao seu lado, ou melhor, dentro de seu mundo da alma, aumentou de 1 unidade inicial para 2.


Por causa da rápida reposição da energia da alma de Jason e sua utilização da técnica Inferno Celestial três vezes ao dia, o que era doloroso como nada mais que ele já havia sentido, a energia de sua alma atingiu quase a quantidade necessária de 2.


Ainda era o suficiente para segurar Artemis, mas assim que ela atingisse o rank de 3 estrelas de besta Selvagem, Jason estaria em apuros, já que o requisito de energia da alma seria em torno de 4, mas não havia nada que ele pudesse fazer a respeito.


Ele deve trabalhar duro e usar a técnica do Inferno Celestial o mais frequentemente possível.


Com o aumento da energia da alma, ou melhor, o dobro da quantidade de um para dois, cada prática aumentaria a energia da alma duas vezes. E isso só continuaria em seu caminho.


Contanto que a energia de sua alma atingisse quatro, a eficiência da técnica Inferno Celestial resultaria em um aumento dobrado em comparação com o tempo em que ele só tinha uma energia de alma de 2 e um aumento de quatro vezes na energia de alma inicial de 1, pois tudo funcionava exponencialmente.


Jason descobriu algo e ele adoraria tentar a teoria que começou a desenvolver, mas para ele tentar isso, ele precisaria de um pouco de energia da alma.


Hoje ele iria caçar pares de feras 4 estrelas e se pudesse matar duas ou três delas sem sofrer um ferimento, ele tentaria matar feras 5 estrelas.


Era perigoso, mas o que ele poderia fazer? Com medidas de segurança e táticas suficientes que envolviam Artemis, ele estava confiante em não morrer contra feras 4 estrelas.


Não havia como ele caçar uma fera Desperta, pois havia uma enorme diferença na força de combate entre as feras Selvagens e as feras Despertas.


Uma vez que uma besta atinge o nível de Desperta, a possibilidade de despertar uma habilidade aparece.


Embora algumas feras não tenham uma única habilidade, seus traços físicos aumentam muito quando alcançam o rank Desperto.


Se ele fosse completamente honesto, Jason estava extremamente horrorizado ao lutar contra feras 5 estrelas enquanto estava nos níveis mais baixos do rank Novato.


No final, ele teve que enfrentar feras que tinham pelo menos o dobro de sua força e mana, Jason estava confiante em seu controle sobre mana, proficiência em artes marciais, inteligência e habilidade de prever marginalmente onde ele estava para ser atacado.


Ao longo da manhã ele procurou um local com algumas árvores e arbustos ao redor para se esconder e atacar de surpresa alguns pequenos grupos de feras 4 estrelas.


De repente, ele avistou um bisão quase completamente verde andando por aí com a cabeça erguida.


Nenhuma besta se atreveu a chegar muito perto dele enquanto ele pastava sem se preocupar com nada.


Olhando para o núcleo de mana da besta, Jason descobriu algo interessante.


A aura ao redor da besta era negra, o que indicava suas chances de alcançar o rank Desperto, mas escaneando o núcleo de mana, parecia que era um bisão com chifres pretos com uma mutação elementar, pois o mana tinha a cor verde traçada dentro.


Era extremamente raro ver uma fera Selvagem com uma habilidade elementar e o problema com as feras Selvagens tendo uma afinidade era simplesmente...


Enormes quantidades de mana tiveram que ser usadas para integrar completamente a afinidade com o corpo de uma fera em estágio Selvagem.


Isso fez com que o físico dessas feras fosse mais fraco do que seus pares.


Olhando para o provável bisão com chifres pretos com mutação elemental do vento na frente dele, Jason estimou que sua força física deveria ser em torno de uma fera Selvagem de 3 estrelas.


No entanto, ter uma afinidade elementar fazia com que fosse o mais forte em seu entorno.


Se uma fera normal de 5 estrelas atacasse este bisão, Jason nem precisava considerar quem seria o vencedor, pois o bisão provavelmente usaria seu elemento para atirar cacos ou lâminas, matando facilmente a fera Selvagem de 5 estrelas.


Ter um físico mais fraco não importaria neste caso, pois era desnecessário até mesmo usar o físico para derrotar seus inimigos.


E com tal mutação, uma vez que o bisão alcançasse ranks mais altos, a afinidade do vento só se tornaria mais forte, enquanto a desvantagem de ter um físico mais fraco diminuiria lentamente


Pensando um pouco, Jason decidiu que atacar o bisão mutante poderia ser a maneira mais fácil de matar uma fera 5 estrelas, já que sua guarda estava baixa devido à sua alta confiança.


Jason enviou Artemis para cuidar do bisão mutante enquanto pensava em várias maneiras de chegar perto do bisão, sem chamar muita atenção para si mesmo.


Ele pensou em uma solução, no entanto, não gostou da ideia porque teve que usar Artemis como isca.


Calculando algumas coisas, ele pediu a opinião de Artemis, depois disso ela respondeu com confiança.


Ainda preocupado, Artemis garantiu a ele que ela tomaria cuidado para que ele não pudesse fazer mais nada a respeito.

14 visualizações0 comentário

Contate-me pelo Discord