DCSD - Capítulo 19: Vitória

Atualizado: 29 de jul. de 2021

Tradutor: Ydominuss


Ele se separou novamente e criou alguma distância entre eles.


"É 2-0 agora. Mais um e eu ganho", Ryder disse a Esmi enquanto olhava em seus olhos profundos que estavam começando a parecer incertos.

'Eu não posso acreditar que estou falando com um chefe do submundo assim,' Ryder podia sentir a adrenalina bombeando por seu corpo. Ele estava lutando contra a mulher poderosa que governava o submundo. A pessoa de quem a maioria da população tinha medo.


"Você é melhor do que eu pensava. Quem o treinou?" Esmi perguntou enquanto olhava para ele com total seriedade.


"Eu me auto treinei por anos antes de finalmente conseguir um pouco de força." Ele mentiu para ela sem a menor vergonha.


'Não posso simplesmente dizer que aprendi minhas artes marciais com o sistema sem nem mesmo passar um dia aprendendo', ele pensou enquanto um sorriso irônico se formava em seu rosto.


"Muito bem. Eu descubro, enquanto lutamos a sério." Ela disse enquanto o atacava novamente.


Sua velocidade era visivelmente mais rápida e seus movimentos eram mais fluidos. Estava ficando mais difícil desviar de seus ataques, mas ele mal conseguia se esquivar.


"Espere, Michel, não atire!" Ela gritou abruptamente enquanto olhava para trás de Ryder.


Ryder estava atordoado e não pôde deixar de olhar, foi quando ele percebeu que estava ferrado.


Esmi o segurou enquanto colocava o braço em volta do pescoço dele por trás. Parecia que Ryder foi pego em um estrangulamento.


"2-1", Esmi disse com um sorriso enquanto abaixava o braço e colocava a outra mão em seu peito.


Ela o libertou após um breve momento.


"Isso foi jogo sujo! Você trapaceou!" Ryder deixou escapar com um olhar irritado no rosto.

"Isso não foi trapaça, querido. Você não ouviu? Tudo é vale no amor e na guerra." Esmi riu enquanto olhava para Ryder.

"Isso é amor ou é guerra?" Ryder perguntou com um olhar curioso em seu rosto.

"Não podem ser os dois?" Esmi disse sedutoramente enquanto lambia os lábios.

"Não importa." Ryder deixou escapar enquanto atacava novamente.


Esmi parecia estar pegando o jeito da luta e dando uma luta dura para Ryder.


'Ela é muito habilidosa. Não é à toa que ela foi capaz de se tornar a chefe da máfia.' Ryder pensou enquanto se esquivava de seu ataque.


Ryder sabia que se ele fosse atingido por qualquer um de seus ataques, tudo estaria acabado para ele.


Foi nesse momento que ele percebeu uma abertura. Usando as artes marciais de nível inferior, ele finalmente segurou a mão dela enquanto a torcia. Seu peito estava preso de frente para a parede enquanto sua mão estava torcida atrás das costas.


Ela tentou se mover, mas não conseguiu.


"3-1. Acho que é a minha vitória", disse ele com um largo sorriso enquanto beijava suas bochechas claras.

"Sim, você ganhou. Você definitivamente não é fraco. Exatamente o que eu gosto." Ela disse enquanto ria.


Ryder soltou sua mão. Esmi se virou, e agora suas costas estavam contra a parede enquanto o beijava.


N.T.: é igual aquele velho ditado "entre o muro e a estaca."


Ryder também respondeu ao beijo dela.


Depois de uma longa sessão de beijo de 10 minutos, ele separou seus lábios dos dela.


"Você está tirando meu fôlego. Vamos para o meu quarto, pelo menos", disse ela com um olhar embriagado no rosto.

"Tudo bem. Basta me dizer onde fica seu quarto." Ryder disse enquanto a pegava em seus braços.


Ela deu-lhe instruções e ele a carregou. O quarto dela ficava no segundo andar.


Ele a colocou suavemente na cama enquanto tirava a camisa e as calças e subia na cama.


Ryder estava prestes a beijá-la novamente quando ouviu a voz de Janus.



<Ding ... Outra missão foi emitida para o anfitrião>
<Missão: Deixe esta mansão e volte para casa>
<Recompensa: 5 pontos de origem>
<Punição por falha: 5 pontos de origem serão deduzidos>
<Limite de tempo: 5 minutos> 

N.T.: covardia isso


Ryder podia sentir seu sangue fervendo ao ouvir a voz de Janus em um momento tão crucial.


'Seu desgraçado! Você pode parar de brincar comigo! Você acha que eu posso sair em tal situação? Vá se foder!' Ryder pensou, e ele tinha certeza de que Janus iria ouvi-lo.


Ele decidiu ignorá-lo e continuar com o que estava fazendo.


______________________________



A noite passou e a manhã chegou.


Eram cerca de 6 da manhã e os raios de sol estavam caindo no rosto de Ryder. Ele acordou de seu sono fantástico.


Depois de abrir os olhos, a primeira coisa que viu foi o lindo rosto adormecido de Esmi.


'Essa mulher é simplesmente incrível, foi uma experiência inesquecível. Agora eu entendo o que meus amigos de faculdade falavam. De qualquer forma, devo ir embora. Alice deve estar esperando por mim em casa, e seria estranho se Bastian me visse aqui.' Este era o pensamento que passava por sua mente quando ele se levantou.


Ele se perguntou se deveria acordar Esmi para contar a ela, mas ela estava dormindo profundamente. Ele decidiu ir embora sem incomodá-la.


Ele procurou suas roupas e as vestiu ao sair do quarto. Ele desceu as escadas.


Felizmente, o lugar estava vazio e ele não viu Bastian ao sair da mansão. Provavelmente Bastian ainda estava dormindo.


Os guardas ainda estavam do lado de fora, mas não disseram nada a ele enquanto ele saía da mansão. Ele não sabia por que, mas ele sentiu como se pudesse ver um vislumbre de um sorriso em seus rostos. O que esses caras estavam pensando, ele não pôde deixar de se perguntar.


"Não pensei nisso antes, mas como vou voltar? São 15 km de distância entre aqui e minha casa", ele murmurou enquanto caminhava por uma estrada vazia.


"É melhor eu ligar para um Uber", ele murmurou enquanto pegava o telefone.


Ydominuss: Compartilhem a novel com seus amigos para ajudar na divulgação e me manter motivado.
8 visualizações1 comentário

Contate-me pelo Discord