Divindade: Contra o Sistema Divino - Capítulo 79: Destino

Tradutor: Ydominuss


"Hah, lar, doce lar," Ryder sorriu enquanto colocava os óculos Divinity de lado e saía da cama.

Ele foi até o banheiro para lavar o rosto, já que estava assim há mais de uma semana. Quando ele pegou a água em sua mão e a trouxe para seu rosto, ele notou o bracelete em sua mão direita.

Ele apenas ficou ali congelado enquanto a água escorria de sua mão.

"Que porra é essa! Janus! O que diabos está acontecendo aqui! Por que estou com aquele bracelete aqui?" Ryder soltou em voz alta. Sua voz estava tão alta que até conseguiu escapar de seu quarto.

Alice ainda estava em seu quarto quando ouviu a voz de Ryder.

"Ele finalmente decidiu acordar?" Ela disse enquanto colocava a caixa da Divinity de lado.

Ao ver seu irmão tão absorto no jogo que se recusou a sair, ela decidiu tentar o jogo também. Ela saiu e trouxe um para ver do que se tratava e encontrar Ryder lá dentro.

Ela se levantou e saiu do quarto.

[Está vinculado a você. O que você esperava?] Janus respondeu. "Como um item de um jogo pode vir para o mundo real! Deve ser obra sua!" Ryder acusou Janus.

[Tudo que você precisa saber é que este bracelete é o mais real possível. Agora que o encontrou, ele nunca mais o deixará,] Janus respondeu.

"Mas este é um item amaldiçoado! Minha pobre alma!" Ryder queria chorar, mas nenhuma lágrima saiu de seus olhos.

"Espere um minuto? Isso não significa que eu terei o Governante do Tempo também? Mas que diabo! Não vou morrer de velhice? Vou continuar voltando no tempo para reviver meu último dia de novo e de novo?" Ryder murmurou.

[Imortais não podem morrer,] Janus disse.

"Que imortal! Eu sou apenas um humano mortal! Nós envelhecemos e morremos," Ryder disse em um tom irritado.

Janus não respondeu. Ryder estava prestes a repetir sua pergunta quando ouviu uma batida na porta.

Ele saiu do banheiro e caminhou em direção à porta.

Ele abriu a porta e encontrou Alice olhando para ele.

"Oh Alice, bom dia", Ryder disse, sorrindo.

"É noite!" Alice respondeu.

"Ah, certo. Perdi a noção do tempo, eu acho," Ryder disse com um sorriso irônico no rosto.

"Que dia é hoje?" Ryder perguntou.

"Certo, você nem saberia a data. Por que saberia? Não é como se você se importasse mais com sua família do que com seu jogo." Alice disse enquanto seu olhar se intensificou.

"Eu, ah, eu tinha que fazer algo importante no jogo, desculpe por não ter aparecido," Ryder se desculpou.

"Hmph, o jantar estará pronto em meia hora; venha comer comigo, a menos que queira voltar ao seu jogo." Ela bufou ao se virar e sair.

"Suspiro, ela é tão fofa mesmo quando está com raiva", Ryder riu enquanto voltava para o banheiro e terminava de lavar o rosto.

Ele saiu do quarto e foi até a mesa de jantar.

"Vamos. Eu disse, sinto muito. Nunca vou entrar por tanto tempo, a menos que seja absolutamente necessário. Por favor, não fique com raiva", Ryder se desculpou novamente quando viu Alice olhando para ele.

"Por que eu ficaria com raiva? Não é como se você nunca tivesse passado um tempo tão longo comigo", ela bufou quando começou a comer.

"Que tal irmos às compras amanhã? Preciso de algumas roupas novas e vou comprar algumas para você também", sugeriu Ryder.

"Mesmo?" Alice perguntou surpresa; um lampejo de felicidade era claramente visível em seus olhos, mas ela rapidamente recuperou suas expressões.

"Claro. Nem sempre tenho a chance de sair com uma garota tão bonita. Vamos nos divertir amanhã", disse Ryder, sorrindo.

"Claro," ela disse casualmente, como se ela não quisesse mostrar sua empolgação.

"Ótimo," Ryder disse enquanto começava a comer também.

Ele voltou para o quarto depois de terminar de comer.

Ele caiu na cama quando começou a observar o Bracelete da Imortalidade.

"Janus, você disse que o bracelete não é um item do jogo? Isso significa que é do mundo real? Os deuses realmente existem?" Ryder perguntou.

[É bastante irônico ouvir essa pergunta vindo de você,] Janus disse. Ryder podia sentir que o tom de Janus era um tanto incomum.

"Sabe, Janus, eu sinto que você se tornou mais humano após a atualização. Eu sinto que estou falando com uma pessoa real e não com o sistema que você sempre pareceu antes da atualização", Ryder disse em voz baixa.

[Talvez eu esteja apenas esperando pela oportunidade de ferrar sua vida novamente] Janus riu.

Ryder estava atordoado quando se sentou abruptamente.

"Você pode rir?" Ryder perguntou surpreso.

[O que você acha?] Janus perguntou sarcasticamente.

"Suspiro, você realmente me choca às vezes. Eu acho que você é mais humano do que eu pensava," Ryder murmurou.

[Ou talvez eu seja mais parecido com um deus, como um certo alguém que eu conheço.] Janus respondeu.

"Quem? Você estava com outro anfitrião antes de mim?" Ryder perguntou.

Janus não respondeu e Ryder não repetiu sua pergunta. Ele percebeu que talvez Janus não quisesse falar sobre isso.

"De qualquer forma, você disse que todos os fragmentos para o desbloqueio do bracelete não estão no mundo do jogo. Você quis dizer que eles estavam no mundo real também?" Ryder mudou a questão.

[Sim.] Janus respondeu

"Interessante. Você pode me ajudar a encontrá-los?" Ryder perguntou ainda.

[Não, não consigo encontrá-los, mas eles vão encontrar você.] Janus respondeu.

"Por quê? Os fragmentos têm uma consciência que pode ajudá-los a rastrear o bracelete?" Ryder perguntou.

[É mais complicado do que isso. Pense nisso como o seu destino, que certa alguém escreveu para você.] Janus respondeu. "Quem seria esse certo alguém?" Ryder perguntou.

[Você.] Janus respondeu.

"Às vezes não consigo compreender o que você diz", Ryder disse com um sorriso irônico no rosto.

"De qualquer forma, posso voltar no tempo quando preciso. Estou muito animado com minha vida, apesar da maldição", Ryder disse sorrindo.

De repente, ele se lembrou de algo quando perguntou: "Ah, certo, você disse que eu obteria um Sistema de Exp no mundo real após a sua atualização. Você não explicou o que é isso?" Ryder perguntou.

5 visualizações0 comentário

Contate-me pelo Discord