Divindade: Contra o Sistema Divino - Capítulo 78: Plano Para se Infiltrar

Tradutor: Ydominuss


Seus gritos altos tiraram Ryder de seu torpor.

'O que diabos foi isso. Desde quando comecei a sonhar acordado? ' Ryder pensou com uma carranca.

Ele colocou aquele sonho no fundo de sua cabeça e continuou seu discurso.

Os Demônios ficaram em silêncio quando viram que Ryder estava prestes a falar novamente.

"Vocês são os demônios orgulhosos desta grande terra! Lembrem-se sempre disso! Não há ninguém que possa nos derrotar, mas apenas se vocês todos não derrotarem a si mesmos! Então, eu encerro meu discurso com uma única nota! Respeite seus companheiros demônios ! Somos uma grande família! Somos da mesma espécie, e devemos reservar nossas forças para enfrentar os inimigos, não nossa própria família!"

"Isso é tudo que eu quero dizer. Espero que você esteja comigo e faça desta terra a melhor possível. Obrigado." Ryder terminou sua declaração e voltou para dentro do palácio junto com os outros duques e arquiduques.

"Foi um ótimo discurso, Príncipe. Já faz muito tempo que não sinto meu sangue ferver assim. A última vez que isso aconteceu foi quando vencemos a guerra contra o Domínio da Morte. Eu acredito que você será um grande rei para o povo ", disse o 4° arquiduque, sorrindo.

"Eu não gosto de sua espécie, mas como você disse. Somos todos demônios. Vou deixar meu preconceito para trás para que possamos manter nossa terra melhor", disse o grão duque Magna.

Lentamente, todos elogiaram Ryder e seu discurso. Até o duque Orisis elogiou Ryder, mas não havia certeza se ele estava genuinamente feliz ou não. Ele estava gravemente ferido da última vez por causa de Ryder, então Ryder duvidou de suas intenções.

Todos eles deram a Ryder seu talismã de contato antes de partirem. A cerimônia já estava encerrada. "Vamos nos despedir também. O Grão Duque Oris pode lhe contar o resto", disse a Grão Duque Mila antes de partir com os outros Grão Duques.

Apenas o Arquiduque Oris e a Duquesa Devilia ficaram para trás.

"Agora que é oficial, você ficará no Palácio Real. Você controlará o exército real, e eles só seguirão suas ordens de agora em diante. Você pode fazer com que eles façam qualquer coisa, exceto atacar qualquer nobre ou declarar guerra a qualquer um. Você precisaria de nossa permissão para fazê-lo. Você não terá nenhuma restrição como essa depois de se tornar o rei, "o Arquiduque Oris informou a Ryder.

"Você pode entrar", o Arquiduque Oris olhou para a esquerda e gritou.

Duas pessoas entraram no corredor. Uma delas era uma jovem que parecia ter acabado de fazer 18 anos, enquanto a outra pessoa era um homem que tinha asas nas costas.

"Ele é Rale, é o comandante do Exército Real e estará servindo a você. Pode não parecer, mas é apenas um pouco mais fraco do que um Duque. Portanto, tenho certeza de que ele não lhe dará uma oportunidade para reclamar. A garota da direita é Miku. Ela é a Empregada Chefe. Ela cuidará dos criados para você e cuidará de todas as coisas ", o Arquiduque Oris apresentou os dois.

"Você já deve conhecê-lo; ele é nosso Príncipe e seu Mestre. Você deve cuidar dele adequadamente. Se ele não gosta de seu serviço e desejar que você seja morto, você será morto. Portanto, não negligencie seu dever", disse ele para a garota chamada Miku.

"Rale, você precisa seguir todas as ordens do Príncipe. Você também deve mantê-lo sempre seguro. Se ele for ferido, você e toda sua família serão mortos como punição. Você entende, certo?" Ele disse ao Comandante do Exército Real.

"Prefiro morrer protegendo-o do que deixar qualquer mal acontecer a ele," Rale prometeu enquanto se ajoelhava na frente de Ryder.

"Isso é tudo por agora. Há mais alguma coisa com que você esteja preocupado?" Ele perguntou a Ryder.

"Isso é tudo por agora", Ryder respondeu.

"Você já conhece meu palácio, certo? Aqui está o meu talismã de contato. Entre em contato se precisar de alguma ajuda ou se quiser falar comigo. Estarei aqui imediatamente. Vou me despedir por enquanto."

O Arquiduque Oris deu a Ryder seu talismã de contato antes de partir. Apenas Devilia foi deixada agora.

Ryder estava prestes a falar, mas Devilia começou a falar antes dele.

"Não se preocupe. Vou trazer aquela garota aqui para você. Não precisa se preocupar. Além disso, você já tem meu talismã. Entre em contato se precisar de alguma coisa. Estarei sempre disponível para ajudar", Devilia disse antes de sair também.

"Miku, sou novo no Palácio. Você pode me mostrar os lugares?" Ryder perguntou. A garota acenou com a cabeça.

"Rale, venha comigo. Há algo que preciso falar com você", Ryder disse a Rale.

Miku estava andando na frente enquanto mostrava o palácio para Ryder enquanto Ryder e Rale caminhavam atrás.

"Rale, eu tenho uma missão para você. Eu preciso que você pegue alguns de seus caras mais fortes e venha comigo para o mundo exterior. Isso é possível?" Ryder perguntou a Rale.

"É possível, meu príncipe. Existem túneis espaciais dentro do palácio que conectam este lugar a vários lugares do lado de fora. Você deve ter conseguido as chaves do palácio. Você pode abrir as portas desses túneis com essas chaves," Rale respondeu.

"Oh? Então esses túneis vão me levar ao reino humano?" Ryder perguntou.

"Sim. Existem cinco túneis espaciais subterrâneos. O primeiro está conectado ao Reino Humano. O segundo está conectado ao Domínio da Morte. Não tenho certeza sobre os outros 3, pois esses nunca foram usados ​​antes", respondeu Rale.

"Oh, bom. Então diga a seus homens para estarem preparados. Estaremos saindo em 2 dias. Acho que 20-30 deve ser o suficiente", Ryder disse a ele.

"Meu príncipe, posso saber o que estaremos fazendo? O Exército Real tem muitos talentos excelentes. Se eu conhecer a missão, eu seria capaz de selecionar os melhores homens possíveis", Rale perguntou.

"Você sabe sobre o Clã dos Elfos Negros?" Ryder perguntou.

"Sim. Eu tinha lido um pouco sobre eles, mas não os conheci", respondeu Rale.

"Vamos nos infiltrar no Clã Real dos Elfos Negros. Eles têm algo de que preciso", Ryder respondeu.

"Você deve estar se perguntando por que não recebi a ajuda do meu mestre. O fato é que o Mestre não quer se envolver em assuntos mundanos a menos que seja absolutamente necessário. E eu realmente preciso disso. Seria muito bom para nosso reino se eu conseguir o que preciso. É por isso que preciso da ajuda do meu exército.

Uma pequena equipe que é boa em furtividade e também em batalha ", disse ele.

"Eu entendo, Sua Alteza. Eu sei quem escolher agora", afirmou Rale.

"Bom. Você pode sair agora", Ryder disse a ele.

"Isso é o suficiente por hoje. Vou fazer o resto do passeio mais tarde", Ryder disse a Miku enquanto ela o levava para o quarto.

Ele entrou no quarto e fechou as portas enquanto voltava para a cama.

'As coisas estão indo bem', Ryder pensou enquanto se deitava na cama.

"Estou aqui há muito tempo. É hora de voltar ao mundo real", Ryder murmurou enquanto abria a tela de logout e se desconectava de Divinity.

Ele acordou em sua cama no mundo real e tirou os óculos Divinity.

6 visualizações0 comentário

Contate-me pelo Discord