Divindade: Contra o Sistema Divino - Capítulo 137: Bata nele

Tradutor: Ydominuss


"Ah, é bom que você tenha ido embora. Sua amiga vai te deixar em casa, ou devo ir buscá-la na casa dela?" Ryder perguntou a ela.


Alice não respondeu imediatamente.


Ryder podia ouvi-la conversando com sua amiga. Depois de algum tempo, ela respondeu a ele.


"Ela vai me deixar em casa."


"Tudo bem. Eu vou voltar para casa então," Ryder disse a ela.


A chamada foi desconectada.


Ryder saiu do lugar e notou que os homens vestidos de preto ainda estavam deitados no chão. Alguns deles estavam acordados agora. Eles estavam tentando ajudar seus companheiros.


Ryder casualmente passou por eles e deixou o local.


Ele caminhou em direção ao seu carro. Havia um grande caminhão parado ao lado de seu carro, escondendo-o da vista do público.


Ele caminhou para o outro lado do caminhão e entrou em seu carro. Ele ligou o carro e pegou a estrada e começou a correr em direção a sua casa.


"Janus, eu gosto do sistema de experiência, e eu podia sentir minha força aumentar cada vez que eu subi de nível, mas eu não entendo uma coisa. Quando eu matei aquele terrorista, por que eu não ganhei exp? Ele me atacou primeiro, e eu o matei. Se formos pela lógica, então eu deveria ter recebido experiência ", disse Ryder a Janus.


Anteriormente ele não pensou nisso, mas depois que ele entendeu mais o sistema de exp por causa da luta que ele passou, ele começou a ficar curioso sobre isso.


[Porque você foi morto. Você não pode obter experiência da pessoa que te mata no mundo real]


Janus respondeu a ele.


"Eu não fui morto. O tempo teria reajustado em 24 horas se eu fosse morto", apontou Ryder.


[O tempo só retrocede depois que você fica morto por 5 segundos, mas a habilidade 'Governante da Natureza' revive você instantaneamente. É por isso que o tempo não resetou]


"Oh, então eu realmente morri. Isso faz com que seja a segunda vez que morri no mundo real", Ryder riu com um olhar autodepreciativo em seu rosto.


Janus não disse nada.


Ryder chegou em casa e estacionou seu carro no estacionamento.


Justo quando ele estava estacionando, Estonia passou por ele em seu carro e foi embora.


Ryder saiu do carro e caminhou em direção a sua casa.


Ryder bateu na porta.


"Alice? Você voltou?" ele perguntou.


A porta foi aberta e uma garota pulou em seus braços como um relâmpago.


Alice abraçou Ryder firmemente quando ela começou a chorar.


"Está tudo bem. Ninguém vai te machucar. Eu estou aqui, sempre." Ryder disse a Alice enquanto a abraçava gentilmente.


"Eu estava com tanto medo. Essa pessoa era assustadora", Alice disse a Ryder. Sua voz soava abafada enquanto seu rosto estava escondido no peito de Ryder.


"Foi o bandido vestido que te assustou, vestindo roupas amarelas e uma máscara do homem de ataque único? Ele era a pessoa que estava lutando contra os homens vestidos de preto?" Ryder perguntou a Alice.


"S-sim. Você o viu?" Alice perguntou enquanto olhava para o rosto de Ryder.


"Viu? Eu dei uma surra naquele cara! Ele derrotou os homens vestidos de preto e estava fugindo. Percebi que ele deveria ser uma pessoa ruim, e comecei a persegui-lo."


"O que aconteceu depois?" Alice perguntou a Ryder.


"Eu alcancei o homem e bati nele antes de entregá-lo à polícia. Não se preocupe com ele. Você nunca mais o verá", Ryder a confortou.


"Sério? Obrigada," Alice sorriu antes de se separar dele.


"Você pode descansar no seu quarto enquanto eu começo a me preparar para o jantar. Vai ser o seu favorito esta noite." Alice disse a ele enquanto entrava na casa.


'Bem, eu tive que me bater, mas acho que é bom que ela esteja feliz. Eu deveria ter sido mais cuidadoso ao segui-las. Eu as assustei sem motivo.


Eram 19h30 quando ele entrou na casa e entrou em seu quarto. O sol já tinha ido iluminar outra parte desta terra. Estava escuro lá fora.


Ele caiu na cama e fechou os olhos. Ele finalmente teve tempo para relaxar.


Após cerca de 10 minutos, ele se sentou.


Ele tirou o Telefone Divino de seu anel de armazenamento.


Era um item que ele havia recebido quando destrancou uma das caixas misteriosas. Também era conhecido como o Telefone Mítico. Ele foi informado de que era um telefone com o qual ele poderia entrar em contato com qualquer pessoa lendária ou mítica.


Através dele, ele poderia chamar lendas míticas para obter conselhos se precisasse ter suas perguntas respondidas. Eles vão respondê-lo com o melhor de suas habilidades


O custo da ligação dependia da pessoa para quem ele ligava. Foi-lhe dito que alguns custariam centenas de créditos por minuto, enquanto outros seriam muito mais baratos.


Ele nunca usou seus pontos de origem para recarregar o Telefone Divino, pois achava que era um desperdício, mas agora que tinha 50 créditos gratuitos, decidiu tentar.


Ele ligou o telefone e olhou para a tela de contato. A tela de contato que estava vazia da última vez agora tinha nomes. Havia um custo escrito na frente de cada um dos nomes. Alguns eram cinco créditos por minuto, enquanto outros eram 50 créditos por minuto.


Não havia um único nome que custasse mais de 50 pontos de crédito.


"Acho que não consigo ver mais nomes, pois não tenho créditos suficientes nem para ver seus nomes na lista de contatos. De qualquer forma, o que há com alguns dos contatos? Este é realmente o Telefone Mítico? Por que existe um Garoto do Pão que custa dez créditos por minuto?" Ryder perguntou a Janus.


[Você pode ver seus detalhes clicando em seu nome]


Ryder acenou com a cabeça enquanto clicava no nome do Garoto do Pão.


Os detalhes se abriram na frente dele na tela do telefone.

[Garoto do Pão: Também conhecido como o mágico do pão. Seu pão é tão delicioso que cada pessoa que come seu pão se torna seu amigo. Ele também é conhecido como o destruidor de dores. Seu pão pode fazer as pessoas felizes, não importa o quão tristes estejam]


"Sério? Que tipo de conselho posso pedir a ele? Como fazer pão? Mesmo se eu quiser aprender, é impossível que ele possa me ensinar sua especialidade em 5 minutos. Não é útil", Ryder fechou a tela e voltou para os Contatos.


Ele estava vasculhando os nomes e encontrou muitos nomes estranhos. Alguns dos nomes incluíam – Mestre da Limpeza, Caçador de Insetos, Destruidor do Amor, Espadachim Fracassado, Cavaleiro Cavalheiresco e muitos mais.


Ele continuou lendo os nomes, mas finalmente encontrou um nome que o chocou.


"Por que o nome dele está aqui?" Ryder perguntou em choque.

8 visualizações0 comentário

Contate-me pelo Discord