Divindade: Contra o Sistema Divino - Capítulo 113: Pesadelos até hoje

Tradutor: Ydominuss


Miyali balançou a cabeça enquanto olhava para os pés.


"Eu não sei nada sobre ele, mas eu tenho algo que me disseram que foi dado a minha mãe por meu pai."


"O que é isso?" Ryder perguntou.


Miyali estava usando um vestido longo. Ela puxou ligeiramente para cima e mostrou a Ryder a tornozeleira de ouro que estava usando.


"Foi um presente de meu pai para minha mãe quando eles se conheceram", ela disse a ele.


"Então não há como você reconhecer seu pai mesmo que ele ainda estivesse vivo, não é?" Ryder perguntou.


Miyali balançou a cabeça.


"Por que você está perguntando isso? Há algo que você sabe?" Ela perguntou.


"Não, eu estava apenas perguntando casualmente. Eu tenho algumas pessoas na região dos mortos-vivos. Eu só estava me perguntando se eu poderia de alguma forma ajudá-la a encontrar seu pai," Ryder disse a ela.


'Teria sido ótimo se houvesse uma maneira de encontrar o pai dela. Seu pai é um Morto-vivo Superior da espécie Vampira. Se eu ajudar um pai e uma filha a se encontrarem, isso pode despertar alguma boa vontade entre o Reino Demoníaco e a Região dos Mortos-Vivos. Além disso, Miyali teria conhecido o pai dela ', ele pensou.


Miyali olhou para Ryder com a surpresa claramente escrita em seu rosto. Ela começou a sorrir, mas seu sorriso era melancólico.


"Está tudo bem. Não quero conhecer o pai que me abandonou", disse ela.


"Você realmente não se importa com ele? Por que você ainda está usando a tornozeleira que pertence a ele", Ryder perguntou. Ele claramente não acreditava nela.


"Porque é a única memória que tenho da minha mãe," Miyali respondeu enquanto olhava para a tornozeleira.


"Oh, certo. Eu não considerei isso. Tudo bem se você não quiser conhecê-lo. Não vou levantar esse assunto de novo", disse Ryder.


"Além disso, vou sair em breve. Pode levar dias ou semanas. Eu disse a Miku, e ela deve cuidar de tudo relacionado a você. Você receberá uma besta a cada quatro dias. Tente beber sangue sob controle, embora. Se você não pode controlar isso, diga a ela, ela vai trazer mais ", acrescentou.


Ele saiu do quarto dela.


Ele estava caminhando em direção ao seu quarto quando encontrou Miku.


"Vossa Alteza, eu finalmente encontrei você. O Arquiduque Oris está aqui para vê-lo," Miku o informou.


"Oh? Tudo bem,"


Ryder começou a caminhar em direção à sala do trono.


Ao chegar lá, ele encontrou o arquiduque Oris sentado no assento ao lado do trono principal. Seu assento era ligeiramente mais baixo do que o trono principal.


"Príncipe Hades, por que você está parado aí? Venha sentar no seu trono", disse o arquiduque Oris.


Ryder sorriu enquanto caminhava em direção ao trono principal e se sentava como um governante.


"O que o trouxe aqui, arquiduque?" Ryder perguntou a ele.


"Eu só vim aqui para ver como você está", disse o arquiduque Oris.


"Estou ótimo. Obrigado por perguntar", Ryder respondeu.


"Ouvi dizer que você não saiu do Palácio Real desde a coroação. Não quer perambular por suas terras?" O arquiduque Oris perguntou.


"Eu quero, mas tenho sido ocupado ultimamente", Ryder respondeu.


"Ocupado em quê? Você não precisa me dizer se é algo pessoal assim", disse o arquiduque Oris.


"Não é nada disso. Acabo de treinar para ser capaz de completar o Julgamento da Realeza o mais rápido que puder", Ryder respondeu.


"Não á pressa. O treinamento e o amor nunca deveriam ser feitos às pressas, pois os arrependimentos podem ser deixados para trás", disse o arquiduque Oris.


"Ah, certo. Isso me lembrou de algo. É meu 4.000º aniversário após 20 dias. Gostaria de convidá-lo para a festa. Seria ótimo se você pudesse vir. Enviarei um convite oficial alguns dias antes do aniversário ", acrescentou.


Ryder olhou surpreso para o arquiduque Oris.


"Você tem 4000 anos? E ainda comemora aniversários?" ele perguntou.


"Não quero comemorar aniversários, mas minha neta me faz comemorar. Não posso negar a ela, posso? O que posso dizer, esse Velho pode vencer qualquer um, mas não sua família", Grão-duque Oris disse ao começar a rir.


"Tudo bem. Vou tentar o meu melhor para participar", disse Ryder.


Ele não prometeu o arquiduque Oris, pois não tinha certeza se estaria de volta nessa hora ou não.


"Isso seria ótimo. Vou me despedir então", disse o arquiduque Oris enquanto se levantava.


Ryder também se levantou e foi até a porta com ele.


"Sabe, estou tão feliz que você veio aqui. Eu tinha perdido as esperanças depois que Sua Majestade não apareceu. Sua chegada de novo queimou essa esperança brilhantemente. Posso ver um vislumbre de Sua Majestade em você. Tenho certeza de que nosso Reino dos Demônios só se tornará mais forte com o tempo sob sua liderança ", disse o arquiduque Oris antes de voar para longe.


'Um vislumbre de Salem em mim? Eu não sei como ele era, mas ele com certeza soa como uma pessoa legal se tantas pessoas o amam ', Ryder pensou enquanto observava o arquiduque Oris desaparecer no horizonte.


Ele voltou para dentro e voltou para seu quarto.


Ele fechou a porta e se deitou na cama.


Ryder se desconectou e se viu de volta ao mundo real.


Ele tirou os óculos Divinity e olhou para o relógio. Eram 7 da manhã.


Ele saiu da cama e foi tomar um banho. Depois de se arrumar, ele saiu do quarto e caminhou em direção à cozinha.


"Por que você está acordado cedo hoje? Você não precisa ir para a universidade hoje", Ryder disse ao ver Alice preparando o café da manhã.


"Eu não vou. Acordei para preparar o café da manhã para você", Alice respondeu.


"Descanse por um dia. Você sabe que eu posso cozinhar", Ryder disse a ela.


Alice olhou para ele e começou a rir.


"Sua comida? Não me lembre. Tenho pesadelos sobre isso até hoje", disse ela.


"Ei, eu comi isso também. Não foi tão ruim", Ryder insistiu.


"Vamos concordar em discordar", Alice riu enquanto servia o café da manhã na mesa.


"Você simplesmente não aprecia meu talento", Ryder murmurou quando começou a comer.


"Você está indo para a universidade?" Alice perguntou a Ryder quando ele terminou de comer.

"Sim. Eu preciso conhecer o seu Reitor", Ryder respondeu.


"Não faça nada impróprio, tudo bem. O reitor tem um grande alcance na polícia. Eu não quero que você seja preso como eu", disse Alice.


"Não se preocupe. Ele não se atreverá a fazer nada", Ryder disse com um sorriso divertido no rosto ao sair de casa.


Ryder entrou em seu Whirlwind, que partiu em direção à Universidade dos Sonhadores.


"Sr. Reitor, você usou seu poder e alcance em minha irmã, deixe-me dar-lhe uma dose dos meus poderes," Ryder murmurou.

5 visualizações0 comentário

Contate-me pelo Discord