Academia dos Magos de Elite - Capítulo 35: Frango Crista de Ferro

Tradutor: Ydominuss | Revisor: Crat

Clique!

Quando a lâmpada acima de sua cabeça se acendeu, a sala ficou imediatamente iluminada. Xiao Lin finalmente viu que a pessoa atrás dele que falou de repente, não era um fantasma, mas um homem de pijama encostado na parede.

O homem bocejou e olhou para Xiao Lin ainda sonolento. “De que ano você é? Por que você está aqui roubando galinha tão tarde da noite em vez de dormir? "

"Quem é Você?" Xiao Lin tinha um olhar cauteloso. Ele também ficou bastante chocado ao ver um homem aparecer de repente ali na calada da noite.

O homem não soube se ria ou chorava quando ouviu a pergunta de Xiao Lin. “Sou o Chefe do Departamento de Logística. Você invadiu minha casa e ainda se atreve a me questionar? Você é um calouro, eu presumo! Tsk, tsk, esse lote é realmente incrível. Faz apenas dois dias e você já está violando o código de estudantil.”

Depois de descobrir a identidade do homem, Xiao Lin finalmente desistiu de todas as suas idéias. Ele finalmente entendeu que a administração da Academia realmente detinha muito poder. Já que a pessoa na frente dele era o Chefe do Departamento de Logística, Xiao Lin não era páreo para ele - seja em status ou força.

Quase não lhe ocorreu que o Chefe de Departamento realmente passaria a noite dentro do Departamento de Logística. Xiao Lin suspirou e perguntou: "Como você sabe que sou um calouro?"

“Porque só os calouros não me reconhecem.” O homem calçou os chinelos e foi até o galinheiro para verificar os pássaros um por um. Então, ele virou a cabeça e disse tristemente: “Olha! Você acordou todos os frangos! "

As galinhas pareciam bastante estranhas.


Elas tinham penas cinzentas e suas cabeças eram pelo menos duas vezes maiores que as de uma frango comum. Seus olhos eram pequenos, cor de sangue e giravam repetidamente. No entanto, sua característica mais marcante era a crista carnuda no topo da cabeça, que era na verdade semicircular e afiada como o fio de uma faca. Estava escuro como tinta preta, o que era um espetáculo para Xiao Lin. Ele não resistiu e se inclinou para olhar mais de perto.

"Tome cuidado!" Os olhos do homem sonolento se arregalaram de repente. Sua mão rapidamente agarrou a ponta das roupas de Xiao Lin e jogou o garoto para trás.

Naquele momento, um dos frangos saltou na velocidade da luz e bateu com a crista carnuda na cerca de arame do galinheiro. Faíscas voaram por toda parte e o som de metal soou! (Ydominuss: imagina uma rinha desses frangos) Xiao Lin , que havia sido jogado no chão à força, parecia estupefato. Ele então percebeu que aquelas cristas não pareciam apenas lâminas – elas eram lâminas, e muito afiadas!

"Isso ... O que diabos é isso?" Xiao Lin estava pingando de suor frio. Ele percebeu o quão ingênuo ele era por querer comer aqueles frangos mais cedo.

O homem deu um tapinha na testa e disse desamparado: “Você aprenderá sobre eles no curso de Biologia; há uma espécie de animal em Norma chamado Pássaro Crista de Ferro.”

Xiao Lin apontou para os animais no galinheiro com um olhar incrédulo. “Pássaro Crista de ferro? Eles são pássaros? Não puxe minha perna só porque eu não sei de nada!”

"Bem, esses são frangos."

"Então por que você disse que esses são pássaros crista de ferro?"

O homem acenou com a cabeça, “Ok, ok. Deixe-me explicar com mais precisão. Estes são frangos na sua frente. Eu forçosamente hibridizei os frangos domésticos da Terra com o pássaro crista de ferro do Planeta Norma. Eu deveria chamá-los de frangos crista de ferro, não deveria? Tem um som bonito esse nome, não é?”

“Hibridização forçada ...” Xiao Lin ligou os pontos relativos ao cruzamento entre uma frango e um pássaro e seus lábios se contraíram. Ele olhou para o homem presunçoso e gaguejou: "Você ... Quem é você exatamente?"

“Sou Song Junlang, Chefe do Departamento de Logística”, o homem se apresentou. Como seu nome sugeria, ele era um homem muito bonito, de fato, mas a mente de Xiao Lin estava condicionada a pensar no híbrido frango-pássaro sempre que ele olhava para o homem ...

Bang, bang, bang!

Uma batida forte foi ouvida na porta não muito longe. Song Junlang foi até a janela e deu uma olhada, depois olhou para Xiao Lin e sorriu. "Eu sabia. Como um calouro pode escapar no meio da noite e roubar frangos sem ser pego? O Departamento Disciplinar do Sindicato Estudantil não pode ser tão inútil. Venha comigo. Você terá que aceitar o que está vindo para você.”

Xiao Lin sabia que o aluno do lado de fora era o encarregado de patrulhar e havia passado com segurança pelo dragão dourado. Mesmo que Xiao Lin tivesse um excedente de pontos de resgate e créditos, ele não estava preparado para que eles fossem deduzidos assim. Um pensamento repentino então lhe ocorreu depois que ele abriu a porta.


"Espere! Você não acabou de dizer que queria comer frango de mendigo? Que tal eu ficar aqui e cozinhar um pouco para você!” Song Junlang deu uma risadinha.


"Você é que queria comer frango de mendigo."

A visão de Xiao Lin estava turva de fome; seu estômago borbulhava sem parar. Ele acenou com a cabeça sem negar e lamentou: “Deixe-me ser um fantasma faminto por agora. Eu não comi nada até agora. ”

Song Junlang perguntou: "O bufê dos calouros é tão desagradável para você?"

Xiao Lin balançou a cabeça rapidamente. Como Chefe do Departamento de Logística, Song Junlang provavelmente era o responsável por todas as três refeições. Xiao Lin nunca ousaria dizer nada de ruim sobre isso e, além disso, toda a comida tinha um gosto incrível.


Ele explicou brevemente a situação de seu treinamento físico naquela tarde e que não conseguiu retornar ao dormitório a tempo porque estava terminando sua última rodada de exercícios.

O Chefe de Departamento Song suspirou dramaticamente. “Você demorou mais de três horas para correr vinte quilômetros? Quão ruim é a sua resistência? ”

Xiao Lin sussurrou envergonhado: "Apenas três pontos."

"Oh? Isso é baixo!” Havia uma expressão estranha no rosto de Song Junlang.


Ele esfregou o queixo e olhou para frente e para trás entre Xiao Lin e o galinheiro. Ele então perguntou: "Você realmente sabe cozinhar frango de mendigo?"

"Sim definitivamente!" Percebendo uma mudança na atitude do Chefe de Departamento, Xiao Lin nunca seria tão tolo a ponto de admitir que só aprendeu com a televisão.

Song Junlang acrescentou: “Estou falando com esse tipo de frango”.

Xiao Lin cerrou os dentes e se consolou dizendo que o frango crista de ferro só era um pouco maior do que um frango normal. No final, ele acenou com a cabeça e disse que sim, mas acrescentou, depois de pensar um pouco: "Não serei responsável pelo abate desta frango!"

Se Xiao Lin e sua atual habilidade de combate ficassem cara a cara com a crista carnuda e afiada do frango crista de ferro, ninguém saberia se Xiao Lin ou a frango seriam vitoriosos.

“Você não precisa se preocupar em matar a frango, mas tem que garantir que está fazendo isso por vontade própria e que não estou forçando você”.

"Sem problemas. Esta é minha decisão”, concordou Xiao Lin sem hesitar, mas não percebeu uma peculiaridade no tom do Chefe de Departamento Song.

O rosto de Song Junlang de repente se iluminou de alegria e olhou para Xiao Lin com interesse. Ele deu um tapinha no ombro do menino novamente e comentou alegremente: “Acho que deve ser o destino nós dois nos encontrarmos esta noite. Hahaha, mal posso esperar.”

‘Você está realmente animado para comer frango de mendigo?’

Xiao Lin removeu a dúvida em sua mente quando as batidas do lado de fora da porta se tornaram mais urgentes. Ele disse ansiosamente: "Então, e o Departamento Disciplinar?"

"Está bem. Deixe-os comigo. Enquanto você estiver no meu território, ninguém pode fazer nada com você! "

Xiao Lin ficou um pouco aliviado. No final, ele conseguiu salvar seus pontos de resgate e créditos. No entanto, ele tinha uma sensação muito desconfortável em seu coração. O Chefe de Departamento Song estava olhando para ele de forma bastante estranha, como um cientista olhando para uma cobaia.

Xiao Lin se consolou achando que estava pensando muito na situação.

3 visualizações1 comentário

Contate-me pelo Discord