Academia de Magos de Elite - Capítulo 108: O Castelo

Tradutor: Ydominuss Revisor: Crat

Hank chegou dentro do prazo e expressou educadamente suas desculpas. Ele deu um monte de desculpas, mas isso só fez com que Xiao Lin e Song Junlang suspeitassem que era um ato de vingança.

No entanto, não havia como fazer nada a respeito por enquanto; ainda era Nova Washington: território americano. Song Junlang havia dito antes que o território da Dawn Academy estava a pelo menos dois ou três meses de distância.

A super poção era um medicamento recém-produzido pela academia britânica. Isso permitiria que qualquer pessoa abaixo do nível Ferro Negro, que ainda não estava acostumada com o meio ambiente no Novo Mundo, evitasse o dano de qualquer um dos vírus e microrganismos estranhos ali. O preço era altíssimo, pois permitiria que pessoas não especializadas em combate, como alquimistas e feiticeiros, pudessem viver ali. Suas habilidades estavam muito aquém das outras, especialmente no início, mas essas pessoas frequentemente ganhariam uma entrada precoce no Novo Mundo, uma vez que eram muito mais valiosas do que os combatentes.

Todas as academias colocaram muitos recursos humanos no desenvolvimento da super poção, e a Academia Real Britânica foi a primeira a fabricá-la com sucesso. No entanto, as desvantagens desse medicamento eram muito óbvias: ele só era eficaz por um período limitado. De acordo com Hank, eles compraram uma versão melhorada desta vez que duraria uma semana inteira.

O medicamento azul-claro estava contido em um tubo de ensaio muito pequeno. Seu cheiro era fraco e tinha uma ponta de doçura. Xiao Lin engoliu em seco e estalou os lábios enquanto pedia outra garrafa, alegando não ter provado, mas Hank o ignorou.

Ele estava ansioso para ver o acessório feito sob medida para ele, mas Xiao Lin ficou bastante desapontado quando viu o objeto real. Disseram que era um acessório, mas na verdade era apenas um alfinete para ser colocado em sua camisa. O alfinete tinha uma joia cinza do tamanho de um grão de arroz.

Quando Xiao Lin o usou, uma luz brilhou repentinamente da joia cinza que envolvia todo o corpo de Xiao Lin. Era como um véu invisível que impedia parte da influência da gravidade.

Hank se gabou de como era complicado o processo de fabricação desse acessório. Era raro que gastassem tantos recursos e tanto esforço com um novo estudante estrangeiro.

No entanto, Song Junlang tocou no alfinete e imediatamente disse: “Este alfinete não é um objeto perecível? A qualidade da joia é desastrosa; obviamente nunca foi purificada. Isso pode durar meio mês? Essa coisa pode ser feita por qualquer pessoa que conheça alquimia; não é apenas uma joia mágica com uma pequena matriz anti-gravidade anexada a ela? Quão difícil isso poderia ser?"

Hank tossiu sem jeito. “O professor Brown está esperando. Vamos nos apressar e sair.”

Xiao Lin disse que não era um problema. Ele praticamente não dormiu na noite passada, mas depois de beber a super poção e colocar o pino anti-gravidade, ele se sentiu muito melhor. Ele de repente se sentiu muito mais acordado também.

Hank abriu o caminho, mas Song Junlang foi impedido de segui-lo. Hank sorriu suavemente, mas disse resolutamente: "Sinto muito, Chefe de Departamento Song, mas além da equipe do professor Brown, ninguém mais tem permissão para seguir."

Song Junlang foi deixado sozinho e Xiao Lin seguiu Hank pelo distrito residencial e direto para o distrito mais central da cidade: o distrito do castelo.

O castelo tinha sido consertado e reformado muitas vezes, mas ainda mantinha o estilo geral e a sensação do Reino do Trovão - corredores estranhos e aparentemente aleatórios, um pátio cheio de flores e plantas vibrantes e um palácio majestoso e luxuoso. Xiao Lin parou de andar para admirar as cenas algumas vezes, apenas continuando sua caminhada quando Hank o chamou.

O castelo era quase tão grande quanto uma pequena vila, mas apenas os edifícios externos eram usados pela Academia de Juízes. Os prédios mais lá dentro estavam em óbvio abandono, o que indicava que ninguém os usava há muito tempo - um grande contraste com a bela vista do lado de fora.

Xiao Lin ficou um pouco apreensivo quando percebeu que Hank estava caminhando em direção à parte mais profunda do castelo. Os edifícios estavam em péssimas condições. Quanto mais para dentro eles iam, mais desolado o cenário se tornava. Se o exterior era primavera, a parte mais profunda do castelo era inverno; eram ambientes completamente diferentes. Até as flores ali haviam murchado.

"Estamos aqui!"

Hank finalmente parou em frente a um dos pátios. O portão de metal enferrujado já era impossível de fechar, e havia dois guardas postados do lado de fora usando armaduras prateadas. Os dois foram parados e Hank subiu e trocou algumas palavras. Depois disso, um deles pegou algumas folhas de papel. Nelas estavam a foto de Xiao Lin e alguns detalhes. O guarda comparou Xiao Lin com a foto algumas vezes e, depois de verificar se tudo estava em ordem, passou a última página em branco para Xiao Lin.

“Pressione seus dedos nela para verificação da impressão digital; é apenas um protocolo de segurança regular,” Hank sussurrou para Xiao Lin.

Xiao Lin pressionou o polegar para baixo e sua impressão digital apareceu magicamente no papel. Todo o papel rapidamente ficou azul.

O guarda acenou com a cabeça para Hank e queimou o pedaço de papel.

"Isso significa que tudo correu bem?" Xiao Lin parecia maravilhado.

Hank explicou: “Verificação de impressão digital. Aquele papel tinha sua impressão digital fornecida pela Dawn Academy. Se a verificação estivesse correta, ficaria azul, caso contrário, ficaria vermelho.”

Depois que tudo correu bem, Xiao Lin foi autorizado a entrar no pátio, mas Hank foi impedido do lado de fora. Ele trocou algumas palavras rápidas com Xiao Lin, pedindo-lhe que se lembrasse de esperar alguém vir buscá-lo à noite, porque se Hank não o estivesse conduzindo, Xiao Lin teria muita dificuldade em contornar o castelo fortemente guardado.

No pátio em ruínas, além de algumas árvores grandes e sem folhas, não havia um traço de verde. A grama selvagem no chão tinha a altura de meia pessoa. Havia um pequeno palácio no meio do pátio. Suas paredes eram pretas e cinza, e a cor original não podia mais ser determinada. Havia um pequeno caminho que conduzia ao palácio onde a grama selvagem tinha sido cortada, mas o caminho tinha muitas marcas que foram obviamente deixadas para trás por explosões. Provavelmente, tudo isso foi deixado para trás pela guerra, muitos anos atrás.

A entrada do palácio não estava completamente fechada. Depois de hesitar um pouco, Xiao Lin empurrou a porta e entrou. A porta fez um barulho pesado de grade, que causou um leve frio no pátio cinza e desolado.

O interior do palácio era muito mais espaçoso do que ele pensava, ou melhor, todas as decorações e objetos anteriores já haviam sido retirados. No piso limpo que foi construído recentemente, algumas centenas de placas de pedra estavam espalhadas descontroladamente. Cada placa de pedra tinha quase dois metros de comprimento e estava incompleta. A maioria delas foi esmagada, e os mais severos até mesmo foram reduzidos a pó.

Ao lado das placas de pedra, cerca de oito ou nove pessoas estavam agachadas ou em pé. Algumas delas pareciam estar muito focados em averiguar algo nas placas de pedra. As outras estavam tentando reorganizar os pedaços quebrados, e algumas delas estavam até conversando em voz baixa.

O som da porta sendo empurrada chamou a atenção de todos para Xiao Lin. Alguns deles estavam confusos e aturdidos. Um homem de pele escura próximo se levantou e falou em alguma língua estrangeira com Xiao Lin. Vendo sua expressão confusa, ele mudou para alguns idiomas diferentes, até mesmo usando o normês.

Xiao Lin realmente queria dizer a ele que sabia inglês e normês, mas ele realmente não teve tempo para digerir isso. No entanto, o homem parecia não ter paciência e agarrou o ombro de Xiao Lin antes de gritar algumas palavras lá em cima. Depois de alguns minutos, um velho desceu, acompanhado por uma loira.

0 visualização0 comentário

Contate-me pelo Discord